Lar São João de Deus

Conheça a Ordem Hospitaleira de São João de Deus curtir a página Solicite sua vaga
x

Solicite sua vaga

Notícias

voltar

Inverno Solidário

16/04/2013 14:23:00


Uma nova ciência, a ?Gerontotecnologia?, está a descobrir aplicações técnicas e de engenharia inovadoras tendentes a salvar, aumentar e a integrar a autonomia e a qualidade de vida dos idosos, particularmente dos que vivem em casa. Graças à colaboração de engenheiros e geriatras, o apoio e os cuidados domiciliários podem utilizar equipamentos especialmente concebidos para a prossecução de tal fim: desde a assistência destinada às atividades diárias (AD) ao mobiliário, e ainda passando pela que é dispensada às unidades desportivas, aos cuidados médicos e hospitalares, aos cuidados intensivos e destes à reabilitação.
O urbanismo está também atento a novas realizações em prol dos idosos: novos veículos, carros especiais, bicicletas, motorizadas, autocarros-táxis, parques e instalações urbanas, etc.
Investigações atualizadas demonstraram que os idosos não dependerão da tecnologia mas poderão ?comunicar ? com ela. Por outro lado, nos idosos assistidos em casa, há redução de infecções e de comorbilidade, tirando-se partido do meio familiar.
Existe uma nova profissão, ?Projetista Médico-Social?, que integra Arquitetos e Engenheiros nos projetos de Lares, Centros de Reabilitação, assim como na adaptação de residências privadas para pessoas com deficiência, incluindo-se entre estas os idosos: ?casa ou edifício inteligente? e outros exemplos modernos que devem ser dados a conhecer.
Ulterior à nossa experiência, tomamos conhecimento de que a assistência social e sanitária da Itália, bem como de outros Países, já podem integrar nas respectivas políticas, este conceito que se consubstancia numa melhor Qualidade de Vida para todos os idosos: os idosos, os jovens idosos, os muito idosos e os muitíssimo idosos!

fonte: Dário Bracco - Membro da Sociedade Internacional de Gerontologia ? Presidente do Centro Ricerche e Relazioni Cornaglia (membro da Age-Platform Bruxelas)
mais informações em www.eca.lu.

Comentários